29 de junho de 2011

Beijada por um Anjo




“Sei que o perdi... Tristan está morto. Jamais poderá me abraçar novamente. O amor termina com a morte." Ivy Ivy e Tristan foram feitos um para o outro. Eles discordavam apenas em um ponto: Tristan nunca acreditou em anjos. Ivy, por sua vez, fez dos anjos seus protetores nos momentos mais difíceis. E quando Ivy sente ter encontrado o amor de sua vida, um acidente muda o rumo desta história, fazendo com que Ivy questione a existência de algo que era certo em sua vida, os anjos. Uma linda história de amor interrompida cedo demais...






"Sei que o perdi... Tristan está morto. Jamais poderá me abraçar novamente. O amor termina com a morte." Ivy Quatro semanas se passaram desde o acidente em que Ivy Lyons perdeu Tristan, o grande amor de sua vida, e deixou de acreditar nos anjos. Os dias têm sido difíceis e para superá-los Ivy busca forças na família e nos amigos. Sua grande motivação agora é ensaiar para a apresentação de piano no Festival de Artes de Stonehill, já que Suzanne, sua amiga de infância, pensando em animá-la, fez a inscrição, mesmo contra a sua vontade. Ainda sem saber lidar com os seus poderes angelicais, Tristan Carruthers conta com a ajuda de Lacey - um anjo mais experiente - para aprender a tocar nas pessoas, canalizar energia e voltar ao passado. Assim, os dois partem na busca por respostas para o acidente, por uma maneira de Ivy sentir Tristan e, principalmente, de mostrá-la que o acidente foi, na verdade, um assassinato. Todo esforço de Ivy para superar a perda de Tristan é interrompido por pesadelos que a fazem reviver o dia do acidente e se misturam com fatos do dia do suicídio de Caroline, ex-mulher de Andrew, marido de sua mãe. O temor de Ivy é acalantado nos braços de Gregory, seu irmão adotivo. Angustiado pelos contínuos pesadelos da amada, Tristan decide que é a hora de fazer contato e segue seu objetivo com a ajuda de Lacey. Mas como aproximar-se de Ivy se ela não mais acreditava em anjos e ele agora era um? O amor que os une será o canal para Tristan se aproximar de Ivy e alertá-la sobre as pessoas que estão ao seu redor. Será que todos em que ela confia são realmente seus amigos?





"Rezei para ter mais uma chance com você, para dizer o quanto te amo e para dizer que vou continuar te amando." Tristan Ivy está de volta às aulas e, como já era de se esperar, todos estão de olho na garota que estava com Tristan Carruthers na noite em que ele morreu. Tentando voltar a sua vida normal, acontecimentos estranhos começam a assustar Ivy. Seus pesadelos começam a ficar mais claros e ela tenta se lembrar com mais detalhes de tudo o que aconteceu na noite do acidente. O quebra-cabeça começa a ser montado, mas para que ela descubra toda a verdade e livre-se do perigo constante que a rodeia, ela precisa da ajuda de Tristan. E com o passar do tempo, ela volta a sentir a presença de seu amor e então, juntos irão lutar para que Ivy sobreviva. Mas ainda há uma grande dúvida no coração de ambos: se Tristan salvar Ivy isso significa que sua missão na Terra terá terminado?

14 de junho de 2011

Resenha do livro Questões do Coração





Questões do Coração é definitivamente um livro encantador. Emmily Giffin descreve minuciosamente os conflitos vividos por suas personagens Tessa Russo e Valerie Anderson. A primeira uma exímia mãe e esposa, que abre mão de sua carreira profissional para se dedicar ao lar e a seus dois filhos. E a segunda, uma excelente advogada, que é mãe solteira e luta para criar seu filho sozinha, sem o auxílio de um companheiro.

O que Tessa Russo não imaginava, era que abrindo mão de sua carreira como professora, ela também estaria abrindo mão de uma vida social mais significativa. Ao se dedicar exclusivamente ao lar, ela sente perder um pouco de sua identidade e de uma vida mais produtiva, ao passo que Nick Russo, seu esposo e um renomado cirurgião pediátrico, se dedica demasiadamente ao trabalho, sendo um pouco omisso no lar.

E é exatamente nesse momento crucial de incertezas e insatisfações na vida de Tessa e Nick, que Valerie Anderson acaba entrando sorrateiramente na vida dos dois, passando a fazer parte da vida de Nick, deixando-o confuso em relação aos seus sentimentos.

O livro é esplêndido! Além de explorar e questionar a legitimidade dos sentimentos como o amor, a paixão e a atração, dentro e possivelmente fora do relacionamento conjugal, nos faz refletir sobre o quanto pequenos detalhes são de fato consideráveis na vida familiar. E o quanto é importante não deixar ocultas as insatisfações que surgem no dia a dia na vida de um casal. Também é importante considerar que para ser uma excelente mãe e esposa não significa necessariamente abrir mão da própria vida. Toda mulher necessita de um momento para si, para se descobrir e depois prosseguir confiante e firme em sua imprescindível posição no lar.

Todo casamento passa por altos e baixos, há conflitos e sentimentos antagônicos, mas o amor deve sempre prevalecer, e junto com ele o perdão, o companheirismo e a capacidade de superar os desafios constantemente.

4 de junho de 2011

Resenha do livro Anna e o Beijo Francês



O livro Anna e o Beijo francês é um dos romances da escritora Stephanie Perkins, um dos lançamentos da Editora Novo Conceito. O livro relata de forma envolvente e graciosa um pouco da história de Anna Oliphant, uma jovem de dezessete anos que é forçada pelo pai a passar um ano na França, estudando em um colégio interno. O que Anna não imaginava é que durante esse período muita coisa em sua vida iria mudar: novas amizades, novas descobertas, e, claro, um novo amor.

Étienne St. Clair é um rapaz de sorriso cativante, mas, entre as inúmeras qualidades que Anna encontra no rapaz há algo a se lamentar: o fato dele ter namorada. Então, a história se desenvolve abordando momentos de alegria e decepções na vida de Anna. A escritora Stephanie Perkins expõe de uma maneira impressionante situações que ocorrem na vida de quase todas as adolescentes, entre elas: dificuldades no relacionamento familiar, traições, incertezas e insatisfações típicas dessa faixa etária.

Amei o livro, me envolvi completamente com a leitura e gostei principalmente dos momentos lindos em que Anna passou ao lado de St. Clair explorando as belezas de Paris. E além do mais o amor na adolescência é um dos sentimentos mais puros e é simplesmente encantador como um simples beijo significa tanto. Maravilhoso poder recordar!!!

O livro está à venda no site da Amazon com uma nova capa.

Leia também da mesma autora: Lola e o garoto da casa ao lado