Primeiras impressões de Onde está você

25 de agosto de 2016

Onde está você é a continuação de Entrelinhas, romance escrito por Tammara Webber. A sinopse do livro é bem clara sobre o que esperar da história: Reid e Brooke se unem para separar Graham e Emma. Como atores principais do filme Orgulho Estudantil (uma adaptação de Orgulho e Preconceito) Reid e Emma acabam tendo que se encontrar com certa frequência para divulgação do filme em entrevistas, ensaios fotográficos, essas coisas... Reid vai aproveitar cada momento disso.

Li apenas os primeiros capítulos do livro. Não sei o que Reid e Brooke vão aprontar. Só sei que, apesar do Graham ser meigo, fofo, etc. etc. Não me interessei em ler este livro agora. Quem sabe mais para frente...

Não vi críticas negativas sobre o livro. Até soube que é melhor que Entrelinhas. Como gostei dos outros livros da Tammara também, acredito que posso recomendar este.

Boa leitura!

Resenha do livro Entrelinhas

24 de agosto de 2016

Entrelinhas é o terceiro livro da Tammara Webber que leio. Gostei dos primeiros livros e Entrelinhas ficou no mesmo nível. Li bem rápido e foi uma leitura prazerosa. Não é um romance arrebatador, não é de arrancar suspiros, mas é gostoso de ler.

Emma Pierce é uma adolescente de 17 anos que desde a infância trabalha como atriz. Ela nunca teve um grande papel, também fez comerciais que não gostou muito, mas seu pai e sua madrasta insistem em querer fazer dela uma estrela de Hollywood. Então, a oportunidade chega. Emma é escolhida para fazer o papel principal de um filme que é uma adaptação de Orgulho e Preconceito, ao lado de um ator que já é uma estrela de cinema muito cobiçado pelas garotas, Reid Alexander. 

Emma é uma garota um pouco insegura, ela fica meio perdida diante da realidade das celebridades, coisas como seguranças, garotas gritando, etc. etc. Já Reid adora tudo isso. Aproveita bem a fama e adora ser o centro das atenções. Ele se interessa por Emma, que não sabe ao certo se também se interessa por Reid, mas fica com ele mesmo assim, porque ele é lindo, famoso, o sonho de toda garota... Bom, mas Emma suspeita das boas intenções do rapaz e é bem cautelosa em relação a Reid.

Reid tem todas as garotas que deseja. Consegue tudo fácil demais, mas Emma não é como as outras garotas e não vai se jogar na cama dele tão facilmente. Isso faz com que o relacionamento deles dure um pouco mais do que é normal para Reid, que costuma ter as garotas por uma noite apenas.

Outra coisa que deixa Emma toda insegura, é o fato dela estar se envolvendo com Graham, outro ator que se torna amigo dela e por quem ela tem uma quedinha... O problema é que Graham está sempre acompanhado por Brooke, uma atriz também muito cobiçada, e Emma não sabe o que realmente rola entre eles.

O que fica claro é que Emma é uma garota com conteúdo, ela não quer ser um rostinho bonitinho na TV, ela quer mais para a vida dela. Graham é mais parecido com ela, a incentiva a fazer faculdade e tudo mais... Já o Reid, é mais um rapaz para um lance físico. Então, Emma fica na indecisão o livro inteiro, mas não é algo chato. Até que a história é bem legal.

Entrelinhas me lembrou muito outro livro que li com esse mesmo tema do mundo das celebridades, que foi: Tocando as Estrelas. Vale a pena conferir.

Outros livros da Tammara Webber que li:


Resenha do livro Bela Redenção

17 de agosto de 2016


Não esperava ler mais nada dessa série dos irmãos Maddox, mas acabei recebendo Bela Redenção e quando li a sinopse e vi que se tratava de uma história em que os personagens eram agentes do FBI, então tive mais interesse. Só que não há grandes acontecimentos como eu esperava... É mais um romance pegação.

Liis é uma agente do FBI casada com sua profissão. Ela rompeu o noivado com um cara que também era agente e partiu para uma nova cidade para trabalhar com o agente especial Thomas Maddox. Sua fama era de durão e seus subordinados o temiam mais que tudo na vida.

Liis, com seu jeito destemido, logo conquistou a confiança e "outras coisas mais" do chefe.

Aos poucos, Liis vai se apaixonando. O problema é que Thomas teve seu coração partido e não está tão disponível assim para o amor. Na verdade, os dois se apaixonam, mas custam a admitir isso e o livro inteiro fica naquela enrolação sem fim.

A leitura é sem conteúdo e eu recomendo o livro para quem está apenas a fim de ler para passar o tempo. 

A série é bem conhecida e aceita pelo público. Mas, eu paro por aqui. Quem tiver interesse, conheça, clicando no link, o livro Belo Desastre, que é o livro que deu origem à série.

Resenha do livro Anoitecer - Diários do Vampiro

13 de agosto de 2016

Confuso e sombrio. Essas duas palavras definem esse livro. A história é muito carregada de coisas ruins. Interrompi a leitura várias vezes, li outros livros com histórias mais leves, pensei em "pular" esse livro e dar continuidade lendo o próximo livro da série... Sei lá, li pelo senso do dever mesmo. Mas não curti.

Sério, a história é muito sem noção. Elena é uma espécie de humana-espírito com a pureza de um anjo e faz coisas bem estranhas. Acho melhor pular essa parte.

Aparece um demônio na história e começa a possuir algumas pessoas e elas começam a fazer coisas bem esquisitas. Até Damon é possuído e fica terrível. 

Stefan vai embora de Fell´s Church em busca de "algo" que pode torná-lo humano. Ele cai em uma cilada, e por isso Elena e sua turma estão sozinhas para enfrentarem o perigo.

Elena consegue fazer (de maneira bem bizarra, digamos) o ser que possuía Damon deixar seu corpo. E Damon se torna "puro". Ainda bem que isso não dura muito. Enfim, eles conseguem afastar os demônios e conseguem uma pista para resgatar Stefan. O livro acaba com Damon, Matt e Elena partindo em viagem na busca por Stefan.

São 444 páginas de nada interessante. E você pode perguntar por que eu estou lendo isso. Por pura teimosia. Comecei, agora vou até o fim. 

Ouvi dizer por aí que o próximo livro é melhor. Depois que eu conferir, voltarei aqui para dizer. :-)

Conheça todos os livros da série aqui: Diários do Vampiro.

Resenha do livro Talvez um dia

10 de agosto de 2016


Conheci os livros da Colleen Hoover este ano e fiquei encantada com o modo que ela escreve. Amei todos os livros dela que li, mas, Talvez um dia... Dizer que amei ainda é pouco. Eu nunca li um livro onde algumas cenas simplesmente chegassem à perfeição. Não posso dizer que a história inteira foi perfeita, mas algumas cenas, sim... E Ridge... fala sério! Que personagem mais fofo! Quando achei que a autora não poderia criar um personagem mais fofo que o Holder de Um Caso Perdido, e não é que ela criou o Ridge?

Vou colocar a sinopse para vocês entenderem a história e depois vou fazer meus comentários.



Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex-melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.


A atração entre Sydney e Ridge é imediata e a conexão entre ambos é muito forte. O que chama a nossa atenção é que essa atração entre eles não é aquela atração apenas física, não é um "ah, não consigo me controlar, vou tirar sua roupa". Nada disso. É uma conexão de sentimentos, emoção, olhares. Eles compõem músicas juntos. E as palavras, sentimentos e emoções entre eles se entrelaçam como se um completasse o outro. No entanto, eles não se entregam a isso. Sydney sabe o que é ser traída e não deseja o que ela passou a ninguém. E Ridge tem namorada, a ama e não deseja traí-la. Eles também têm uma história bonita.

Mas o tempo vai passando, a paixão vai aumentando... E o problema é que os dois são leais. Quer dizer, isso não é problema, é uma virtude e tanto. 

Ridge é um personagem diferente de tudo o que já li. Ele tem uma característica, que não vou falar senão perde o encanto (Foi surpresa para mim tem que ser surpresa para você também), que vai fazer você se apaixonar ainda mais por ele.

Talvez um dia traz histórias de superação, lealdade, amizade, traz diversão... Eu nunca suspirei tanto enquanto lia um livro. E em alguns momentos percebi que estava prendendo a respiração. É de tirar o fôlego. Simplesmente MELHOR livro da Colleen Hoover que li. Precisa dizer que recomendo muito?