Resenha de Simplesmente Ana

23 de dezembro de 2013


Simplesmente Ana é um livro encantador. Uma leitura leve, suave, divertida, enfim, um livro para relaxar! Isso mesmo. Sabe quando a vida está turbulenta e você quer sossego? Então, ler Simplesmente Ana fará você se libertar das dificuldades e entrar no mundo perfeito de Ana. Sim, a personagem pode não reconhecer isso às vezes, mas que o mundo dela é perfeito, isso é. 

Ana é uma universitária que mora em BH e que nunca havia conhecido seu pai. Até que um dia, um cara entra em contato com ela alegando ser seu pai e contando sua versão da história, ou seja, a explicação de seu “sumiço”. O pai de Ana, Andrej, não e apenas um pai encantador, mas é rei em um país distante chamado Krósvia. 

Ana viaja para Krósvia para descobrir um pouco mais sobre sua origem e passar uns momentos com Andrej para conhecê-lo melhor e tentar compensar os anos que passaram separados.

Na Krósvia tudo é perfeito, além de morar em um belo palácio, digno de uma princesa, Ana é paparicada por todos os lados, desde o seu pai rei aos empregados do palácio, que se encantam pela garota brasileira.

É claro que toda história de princesa sempre tem um grande amor, então Ana se apaixona por Alex, enteado de Andrej, que é um cara fisicamente perfeito. A história de amor dos dois demora um pouco a acontecer, já que no início Alex desconfia das intenções de Ana e ainda por cima tem namorada. Mas ao longo da história as coisas vão acontecendo e você vai se apaixonando pelo casal.

Algumas pessoas podem criticar a perfeição da vida de Ana, mas ela é uma princesa, não é? Não é uma personagem comum. Então, como em todo conto de fadas tudo tem que ser perfeito mesmo. 

Mais informações no site da Editora Novo Conceito.

Resenha de Os Adoráveis



Jeane é uma garota incomum. Não que ela tenha poderes sobrenaturais, ela simplesmente tem seu próprio estilo. Um estilo bem diferente. Ela é blogueira e seu blog, Adorkable, retrata seu estilo de vida, com dicas de roupas incomuns e um cabelo... Incomum também. No mundo virtual ela é um sucesso, com milhares de seguidores no blog e no Twitter a garota é um arraso. Mas na vida real Jeane é um pouco solitária, não que ela admita isso. Você, leitor, é quem percebe. Ela mora sozinha e não tem muitas amizades na escola, pois as garotas a acham esquisita, sem falar no jeito de durona dela que espanta qualquer um.

Tudo começa a mudar quando Michael Lee, o garoto mais desejado da escola, se aproxima dela. Ele a acha uma aberração, mas as circunstâncias fizeram com que os dois se aproximassem, no início de um modo mais amigável, mas quando o primeiro beijo rolou entre eles, foi difícil para os dois se separarem. Então eles começaram a ter meio que um rolo às escondidas, nada sério. Pelo menos era o que eles achavam, pois tanta aproximação fez com que Michael percebesse que Jeane não era uma aberração e Jeane percebesse que Michael não era um rostinho bonito sem conteúdo.

Ao longo do livro a história de vida de Jeane vai se revelando e podemos perceber que criar “seu estilo” foi um modo de refúgio de um mundo nada encantador.

Michael acaba tendo um papel importante na mudança de vida de Jeane que passou a falar mais sobre seus verdadeiros sentimentos e mostrar uma Jeane mais carinhosa e divertida.

Os Adoráveis é um livro divertido para o público jovem e serve de inspiração para as garotas que queiram ter um estilo próprio.

Mais informações no site da Editora Novo Conceito

Resenha de Tipo Destino

5 de dezembro de 2013



Lani é uma garota fascinada por astrologia e está sempre conferindo seu horóscopo. Vive uma vida típica de adolescente e tem dois amigos inseparáveis Blake e sua melhor amiga Erin.

A vida deles andava tranquila até Jason aparecer na história e começar a namorar Erin. Mesmo tentando evitar esse sentimento a amizade entre Lani e Jason foi se fortalecendo e a cada dia eles percebiam o quanto tinham em comum e o quanto adoravam a companhia um do outro.

Blake percebeu logo de cara a química e entre os dois e deu todo apoio a sua amiga, mas Lani sabia que havia algo muito profundo na amizade dela com Erin para magoar a amiga.

Pela capa do livro eu julguei ser um caso de traição explícita e sem remorsos, mas não é bem assim que a história acontece. Lani luta muito com seus sentimentos e por fim não fica livre das consequências das suas escolhas.

Tipo Destino é um livro onde as emoções adolescentes são retratadas de forma espontânea, os conflitos familiares também existem (já mencionei que eu amo histórias com conflitos familiares), as amizades são postas à prova e o leitor se delicia com tantas emoções.

Um livro que recomendo!

Mais informações no site da Editora Novo Conceito.

Resenha de Postais do Coração



Postais do Coração é um romance bem interessante. Só o fatos de contar simultaneamente a história de dois casais já desperta um pouco mais de atenção. Os casais são amigos entre si, apesar de serem bem diferentes, de terem um modo de vida bem diferentes.

Greg é um ator bem-sucedido, mas é do tipo “sem conteúdo”, só uma beleza externa mesmo. Mas até que ele é um narcisista divertido. Sua namorada, Saffy, trabalha em uma Agência de Propaganda, é uma mulher independente e bem-sucedida profissionalmente. A única coisa que a incomoda em relação a Greg, é que mesmo depois de seis anos de relacionamento, ele ainda não a pediu em casamento. Não importa quão bem resolvida seja uma mulher profissionalmente, no fim o que ela quer mesmo é um bom casamento. Ôps! Há exceções! A bela Jess, que está com Conor há sete anos e tem dois filhos com ele, não quer nem ouvir falar em casamento. Para Jess a vida está boa assim, o que deixa Conor contrariado.

Conor é professor e não está muito satisfeito com a profissão (novidade!), o que deixa mesmo feliz é a possibilidade de terminar e publicar seu primeiro livro. Jess não fica nem um pouco satisfeita com o isolamento do namorado/esposo para se dedicar a sua obra. Na verdade, ela se torna bem chata e incompreensiva numa boa parte do livro. Os dois passam a se desentender bastante.

O mesmo acontece com Saffy, que frustrada com a falta de compromisso de Greg começa a fazer um monte de besteiras, inclusive se envolver com outras pessoas.

O livro tem momentos divertidos, momentos tensos e momentos tristes. Saffy não viveu com seu pai e sua mãe sempre evitou falar sobre o assunto ou mostrar qualquer foto dele. Mas no decorrer da história Saffy vai descobrindo que a realidade era bem diferente e que sua mãe escondeu muita coisa durante esses anos. O final dessa história é emocionante e um pouco revoltante, mas é onde entra o perdão. O perdão sempre deve fazer parte de nossas vidas.

A história desses dois casais termina de forma interessante, depois de períodos difíceis e confusos tudo parece se ajustar, nem sempre da forma que queremos, mas da forma que parece ser o melhor. 

Postais do Coração é um livro que recomendo e tenha certeza que você vai se divertir e se emocionar.

Mais informações no site da Editora Novo Conceito.