22 de junho de 2013

Resenha de A filha da minha mãe e eu


Sabe quando você inicia a leitura de um livro e a história não lhe agrada nem um pouquinho? Então você deixa o livro de lado e ele passa dias e dias esquecido, mas quando finalmente você decide retomar a leitura... Surpresa! Não larga o livro mais um segundo sequer! Pois é, aconteceu isso com A filha da minha e eu. O início da leitura não chamou muito a minha intenção por ser aquele relato da menina sofrida cuja mãe prefere o irmão e ela se sente então desprezada; se apega mais ao pai, o que provoca ciúme na mãe e então há um relato de queixas e mais queixas. Porém, depois de um tantinho de páginas a história vai tomando um rumo melhor. A mãe vilã vai se tornando uma mulher bacana, forte. Quer dizer, ela não se torna nada. A pequena Mariana é que vai crescendo, amadurecendo, vivendo e entendendo os motivos de a mãe agir de determinada forma.

A Dona Helena (mãe de Mariana) é uma mulher fria mesmo, não há como negar. Mas o que Mariana aprende no decorrer da trama é entender que diante de tudo o que a mãe viveu há até uma justificativa dela ser como é. E Mariana também vai entendendo que tem que aceitar sua mãe com todos os defeitinhos dela, e não como Mariana a idealiza. Pois mesmo com todos os defeitos, Helena é uma mãe dedicada no que se refere ao bem-estar dos filhos. Ela faz tudo pelos filhos (até umas coisas meio loucas, cenas cômicas e dramáticas), embora quase nunca demonstre o amor que sente por eles.

Gustavo, irmão de Mariana, acaba desenvolvendo também um papel importante na trama. É aquele personagem que aos poucos cresce e acaba tomando o seu lugar. 

O livro é centrado na família e acaba dando uma pincelada em vários temas como aborto, divórcio, drogas, abandono, homossexualismo, adoção... Será que eu esqueci algum? E é isso que torna a leitura mais atraente. Amo temas relacionados ao convívio familiar! Adoraria comentar mais coisas, mas acho que não é possível senão perde a graça. Mas fica a dica de uma ótima leitura. Até a próxima!

Para mais informações acesse o site da Editora Novo Conceito.

11 de junho de 2013

Resenha de Apegados


Você é do tipo de pessoa que já teve vários relacionamentos amorosos e nenhum deu certo? Está com dificuldades para encontrar o parceiro ideal? Se respondeu sim, então esse livro é para você!

O livro Apegados relata experiências e pesquisas desenvolvidas sobre a Teoria do Apego. O psiquiatra Amir Levine e a psicóloga Rachel Heller escrevem um livro repleto de dicas e casos que nos ajudam a identificar os três principais estilos de apego que são: ansioso, evitante e seguro.

Através de situações diversas e até alguns testes, é possível identificar qual estilo pertencemos e identificar, através de análise das características, o estilo que seu parceiro (ou pretendente) possui.

Depois da leitura do livro, fica mais fácil compreender por que alguns relacionamentos não dão certo. E fica mais fácil compreender certas atitudes do tipo quando o cara com quem você saiu simplesmente some ou não liga no dia seguinte, mas dias depois. Quem nunca ficou aguardando aquela ligação que nunca foi feita? Pois é, identificando o estilo de apego do pretendente você vai estar mais preparada sobre o que aguardar dele. Se for um cara evitante, não espere que ele a procure facilmente. Se for seguro, ele não vai hesitar em lhe procurar.

O livro é dividido em quatro partes. Todas elas nos dão diretrizes para identificar e compreender mais esses três estilos de apego. A parte três fala sobre quando os estilos de apego de um casal se chocam. Nela é possível compreender o motivo de algumas brigas, identificar a verdadeira razão pelo parceiro insistir em agir de determinada forma e o que há por trás de algumas palavras.

Apegados é um livro que vai lhe ajudar em seu relacionamento, ajudar-lhe a encontrar o parceiro ideal e, acima de tudo, ajudar-lhe a compreender você mesmo, suas limitações e capacidades no amor.

Mais informações no site da Editora Novo Conceito.













10 de junho de 2013

Sorteio de livros

Olá, queridos!

Dei um sumiço do blog, mas não das leituras. Estou em dívida com vocês com as resenhas de:

A Fúria dos Reis
Apegados
Liberta-me

Livros maravilhosos!

Mas tenho uma boa notícia: O blog Apreciando a Leitura voltou a fazer sorteio de livros. Fiquei um tempo sem fazer as promoções por falta de tempo, mesmo. No entanto, agora estou fazendo de uma forma diferente. Estou sorteando livros através da nossa página no Facebook. É só curtir a página, ter um endereço para entrega no Brasil e pronto! Você já está participando. Os sorteios sempre acontecerão no primeiro dia de cada mês, ok? Fiquem ligados.

Para o dia 1º de julho, estarei sorteando o livro Presentes da Vida, da escritora Emily Giffin.

E o link da promoção é:

Beijos e boa sorte!