18 de janeiro de 2019

Resenha sobre o livro No Escuro


No Escuro foi um livro lançado no início de 2013 pela editora Intrínseca, mas apenas recentemente que eu tomei conhecimento de sua história. Por conta das ótimas recomendações, não demorei muito a começar a ler o livro. E a leitura me prendeu de imediato.

O livro é narrado em dois tempos. O momento atual e quatro anos atrás, que foi quando Cathy conheceu Lee. 

No momento atual, Cathy se revela uma pessoa insegura, que vive apenas de casa para o trabalho e tem o hábito, ou melhor, a compulsão por verificar constantemente as portas, para ver se tudo está trancado; as janelas, etc. Ela é bem paranoica mesmo. Mas, isso não é à toa. Seu novo vizinho, Stuart, tenta ajudá-la com isso. Ele é psicólogo, mas não a ajuda como um profissional, pois logo ele deixa claro que o interesse por ela é outro. Mas a ajuda a perceber que precisa de ajuda profissional e recomenda os melhores profissionais para ela.

A parte empolgante da história está mesmo na parte em que Catherine convive com Lee. Ela era uma jovem que adorava sair para as baladas com as amigas e conheceu Lee quando ele trabalhava como segurança em uma boate. 

Lee era muito bonito com seu cabelo loiro, olhos azuis e corpo em forma. No entanto, logo no início dava para perceber que havia algo errado com ele. Catherine percebeu isso também, mas ela estava muito interessada nele e não deu importância a esses sinais. Então, quando Catherine percebeu que na verdade Lee era um psicopata controlador, já era muito tarde. Devido ao seu carisma e inteligência, as amigas de Catherine acharam que o problema estava com ela. E Catherine passou por situações bem difíceis para se livrar de Lee. 

Já comentei aqui que gosto muito de ler esse tipo de livro. Estou até com uma listinha de livros que abordam esse tema para ler em 2019. 

No Escuro foi um livro que gostei muito de ler e indico a sua leitura. Ele está à venda no site da Amazon.

Conheça também:


16 de janeiro de 2019

Querido Amigo


Querido Amigo é mais um conto que escrevi. Veja a sinopse:

Nara está em uma viagem de férias com sua família quando um terrível acidente de carro acontece. Ela é amparada por Kael, o filho do advogado de seu pai. Mesmo que o mundo esteja desabando aos seus pés, Nara não pode negar que Kael desperta nela o doce sentimento de conforto que ela tanto necessita no momento. Mas o amor dele é proibido. E Nara precisa escolher entre se ferir ou se afastar.
O conto está à venda na Amazon. Neste link.

Esse conto, assim como meus demais livros, também estão cadastrados no Skoob.  

10 de janeiro de 2019

Resenha sobre o livro Um dia em dezembro (com spoiler)


Laurie e Sarah são duas amigas que dividem o mesmo apartamento. Certo dia, às vésperas do Natal, Laurie, da janela do ônibus, vê um rapaz. Os olhares deles se cruzam e... bum! É paixão à primeira vista. Só que o ônibus vai embora e Laurie perde a chance de se aproximar do rapaz e conhecê-lo. Para nossa surpresa, ela passa meses procurando esse rapaz. E sua amiga, Sarah, procura ajudá-la da melhor forma que pode. 

Dez meses após esse episódio, Sarah conhece um rapaz no elevador e eles marcam um encontro. Começam a namorar e, na festa de comemoração ao Natal, quando Sarah resolve apresentar seu namorado, Laurie descobre que o tão procurado garoto do ponto de ônibus é Jack, o novo namorado de sua amiga.

Depois de enfrentar algumas dificuldades para digerir essa informação, Laurie acaba se acostumando com a presença de Jack em sua vida como namorado de sua melhor amiga e os dois passam a ser amigos também.

Um ano se passa e os dois continuam na mesma situação. Sentem uma grande conexão, mas não avançam o sinal. Nem confessam que se lembram um do outro ainda no ponto de ônibus. Até que em um determinado dia, enquanto Laurie ajuda Jack a comprar um presente de Natal para Sarah, eles acabam se beijando. Mas depois eles ficam se sentindo imensamente culpados e resolvem fingir que nada aconteceu.

Sarah é promovida em seu trabalho e resolve morar em um apartamento melhor e mais próximo do local. E Laurie resolve passar alguns meses na Tailândia, para relaxar um pouco depois que o seu pai teve um infarto e ela passou meses preocupada e ajudando a mãe a cuidar dele.

Na Tailândia, Laurie conhece Oscar. Um inglês que, assim como ela, está dando um tempo em sua vida agitada. O que era para ser um romance de férias, se torna algo mais sério quando os dois retornam a Londres.

Oscar e Laurie decidem morar juntos depois de pouquíssimo tempo juntos. Mesmo sendo muito diferentes, pois Oscar é bem rico, eles se dão bem. No entanto, a mãe de Oscar não se agrada muito de Laurie e deixa isso claro a cada encontro. Para a mãe, Oscar deveria estar com a ex-namorada e não com Laurie.

Mesmo assim, Oscar e Laurie se casam. E dias antes deles se casarem, Sarah acaba descobrindo que seu ex-namorado (sim, a essa altura ela e Jack tinham terminado o namoro depois de quase 4 anos juntos) era na verdade o rapaz do ponto de ônibus. As amigas têm uma briga séria e se afastam, fazendo com que Sarah não compareça ao casamento. Como Sarah era a madrinha e ia deixar um breve discurso durante a cerimônia, Jack, para não deixar Laurie constrangida, acaba indo dar o discurso no lugar de Sarah. Só que ele se empolga um pouquinho nesse discurso e acaba dando a entender que a amizade deles tinha algo a mais.

Jack namora outras mulheres, vai embora do país, prossegue com a vida e parece que o romance dele com Laurie jamais vai acontecer.

Enquanto isso o casamento de Laurie não vai muito bem, pois Oscar, apesar de ser um marido, trabalha três dias por semana em outro país. Fica muito ausente e ainda trabalha com a ex, que fica o tempo todo dando em cima dele.

Quando Oscar é promovido e decide morar de vez no outro país, Laurie não tem coragem de desistir de sua vida em Londres por ele. Na verdade, o amor dela não era suficiente para isso, e ela pede o divórcio.

Depois de alguns meses, seguindo o conselho de Sarah, Laurie decide ir atrás de Jack. Ele confessa que se lambra dela como a garota do ônibus, como até então não havia feito, e os dois ficam juntos.

Um dia em dezembro me fez lembrar de dois livros: Simplesmente Acontece, porque também fala de dois amigos que demoraram muuuuito a ficar juntos. E A luz que perdemos, porque acho que Jack, assim como Gabe, não eram tão apaixonados assim pelas protagonistas das histórias. Jack sentia algo por Laurie, mas ele não desistiu de Sarah por causa disso. Pelo contrário, passou bastante tempo com ela. E só terminaram porque Sarah estava começando a se envolver com outro rapaz.

Laurie deveria mesmo era ficar com Oscar, mas ela nunca o amou o suficiente. Por isso não quis se mudar com ele.

Apesar das críticas negativas, eu gostei desse livro e recomendo a leitura.

Um dia em dezembro foi publicado em novembro de 2018 pela Bertrand Brasil. E está à venda no site da Amazon

7 de janeiro de 2019

Resenha sobre o livro Intenso Demais (com spoiler)


Levei meses para ler esse livro. Queria desistir, mas, ao mesmo tempo, queria saber o que ia acontecer com a Kiera. 

O interessante é que quando vi essa capa achei apelativa demais e nem ia começar a ler essa história. Mas, sou do tipo que não julga um livro pela capa. Li resenhas positivas, ouvi elogios, então resolvi dar uma chance à história. 

Não me entendam mal, o livro é bom. Eu gostei. O que tira a paciência é a atitude (ou melhor, a falta de atitude) da personagem. No entanto, eu consegui compreendê-la. Vou falar sobre isso mais adiante.

Intenso demais é o primeiro livro de uma trilogia. Ele foi lançado pela Editora Valentina em 2014. Fala sobre uma jovem chamada Kiera, que tem um namorado superfofo chamado Denny. 

Denny arrumou o emprego de seus sonhos, mas para isso teria que se mudar para o outro lado do país. Apaixonado como estava, pediu que Kiera o acompanhasse, e ela, também muito apaixonada, foi. 

Eles alugaram um quarto que ficava na casa de um grande amigo de Denny, o vocalista de uma banda de rock, Kellan Kyle. Aí estava o primeiro erro. Onde já se viu levar a namorada para morar na mesma casa que outro rapaz? Para piorar a situação, o cara tocava em uma banda e era lindo. Ok, Denny confiava na sua relação com Kiera. Eles eram muito apaixonados. 

O segundo problema foi que Denny, devido ao trabalho, se ausentava muito. E fez uma viagem deixando Kiera sozinha com Kellan por bastante tempo. Aí já viu, né? Os dois começaram a ter um caso. Não era bem um caso, já que ambos não queria magoar Denny, mas, de vez em quando eles não resistiam e a "amizade" passava dos limites.

Denny percebeu que não estava deixando Kiera feliz, e acabou largando o emprego. Pois é, o emprego dos seus sonhos. Kiera, cheia de culpa, tentou ser uma namorada legal, mas já que já tinha "provado o gostinho" de estar com Kellan, foi difícil continuar resistindo.

Eu abandonava e voltava para essa leitura. Fiz isso várias vezes. O que eu queria mesmo era saber como seria o momento em que Denny descobriria tudo. Bom, foi feio. Não dava para esperar outra coisa, não é?

Coitado do Denny. 

Quanto à Kiera. Ela estava apaixonada por Kellan, mas não queria magoar Denny. Por isso não tomava uma atitude. Não queria que ninguém sofresse, mas acabou fazendo todo mundo sofrer. 

Denny disse algo bem bacana no final:

"Quero ser tudo para alguém. Quero fogo e paixão, quero um amor totalmente correspondido. Quero ser o coração de alguém".

Certíssimo Denny. Torço por você. 

Os livros da trilogia Rock Star são:

Intenso Demais
Complicado Demais
Perigoso Demais

Eles falam sobre a história de Kiera. Depois a autora resolveu escrever uma sequência com os outros personagens. Por enquanto tem mais um livro:

Indomável

O livro Intenso Demais está à venda no site da Amazon

Conheça também: O Coração da Fera

5 de janeiro de 2019

Resenha sobre o livro After (com spoiler)


Depois de muito adiar essa leitura, chegou a minha vez de conhecer essa história tão comentada nas redes sociais. 

O sucesso de After começou através da plataforma de leitura Wattpad. Em 2014, a Editora Paralela publicou o primeiro livro aqui no Brasil. O sucesso da série fez com que a mesma fosse parar nas telinhas, e, em 2019, o filme será lançado. 

A história é sobre Tessa, uma jovem de 18 anos que acaba de sair de casa para fazer faculdade. Tessa sempre foi uma filha obediente, estudiosa e namorada dedicada. Seu namorado, Noah, é um ano mais novo, por isso enquanto ela vai para a faculdade, ele continua no Ensino Médio. Os dois vivem um relacionamento estável e tranquilo.

Assim que chega ao dormitório da faculdade, Tessa percebe que sua vida ali será um pouco diferente, pois sua colega de quarto, Steph, é toda tatuada e descolada, ou seja, o oposto dela. E a garota tem um amigo chamado Hardin que foi supergrosseiro com Tessa logo de cara. E adivinhem? Ela gostou. Isso mesmo, rolou a tal da química... O aspecto rebelde tatuado chamou a atenção da garota. Como dizem por aí, os opostos se atraem. 

A partir daí a história se torna uma repetição sem fim. Hardin é grosseiro com Tessa, ela chora, eles se beijam e fazem outras "coisitas" mais, depois brigam de novo... ela chora e o ciclo se repete. É isso o que acontece nas 528 páginas. 

Eu já li histórias assim, sobre o bad boy e a garotinha ingênua. O diferencial desse livro é que Hardin consegue ser mais estúpido que todos os demais personagens que já li nesse estilo. 

Tessa trai o namorado e o faz de bobo. Ao invés dela simplesmente terminar com o rapaz, ela fica fazendo joguinhos. Quando Hardin a trata mal e ela chora, ela liga para o namorado e pede para o mesmo ir vê-la. Ele faz isso, porque é um bom rapaz. Aí Hardin aparece e ela simplesmente ignora o namorado. Tessa teve a ousadia de fazer o namorado ir ao dormitório atrás dela e o deixa plantado lá a noite inteira preocupado com ela enquanto ela estava na cama com Hardin, simplesmente porque ele pediu para ela ficar com ele. E a história é toda assim. Hardin manda, Tessa obedece. Como um cãozinho adestrado. E ela faz todas as vontades dele.

Durante a história Hardin sempre demonstra que está escondendo alguns fatos de sua vida para Tessa. No final, um dos segredos vem à tona, que é de que tudo não passou de uma aposta. Quando Hardin tira a virgindade de Tessa, ela pede que o mesmo jogue o lençol sujo de sangue fora. E o que ela descobre no final? Que ele não jogou. Mostrou o lençol para os amigos e pegou a grana da aposta. E o que fez com o dinheiro? Mandou pintar o carro de Tessa. Fico me perguntando como essa moça ainda consegue voltar para esse cara? Pois é o que acontece no próximo livro.

After é um livro que tem bastante abandonos de leitura também. Muita gente sem paciência para ler um romance tão conturbado em que o mocinho não tem nada de bom.

Se eu continuar a ler, volto aqui para contar para vocês. ;-)

O livro está à venda na Amazon.

Leia também os primeiros capítulos do livro: A luz que é você