Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2018

Fahrenheit 451

Imagem
Fahrenheit 451 é aquele tipo de livro que pelo título, capa e sinopse não chamaria minha atenção de forma alguma. Mas, que bom que existem os grupos de leitura, pois, através de uma votação, esse livro ganhou para ser a leitura do mês. E não é que gostei imensamente dessa leitura? Foi uma bela surpresa.
A leitura é leve, tranquila e prazerosa. 
"Temos tudo de que precisamos para ser felizes, mas não somos felizes. Alguma coisa está faltando. Olhei em volta. A única coisa que tive certeza que havia desaparecido eram os livros que queimei durante dez ou doze anos. Por isso, achei que os livros poderiam ajudar." Montag
Vejam a sinopse:
Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título…

A distância que nos separa

Imagem
Tá a fim de ler um romance bem juvenil? Daqueles que o mocinho é tão fofo que fazem as mocinhas suspirarem? Paqueras inocentes... Dúvidas sobre os sentimentos... Típico dos adolescentes. Gosto de romances assim de vez em quando para uma leitura rápida e prazerosa de final de semana. Recomendo.
Sinopse:
Caymen Meyers aprendeu desde cedo a não confiar nos ricos. E, depois de anos observando-os, ela tem certeza de que eles são bons em apenas uma coisa: gastar dinheiro em inutilidades, como as bonecas de porcelana da loja de sua mãe. Assim, quando Xander Spence entra na loja, basta um único olhar para Caymen perceber que ele tem muita grana. Apesar de ele ser um fofo e entendê-la como ninguém, Caymen é esperta e sabe que o interesse de Xander não vai durar. Porque, se tem algo que ela aprendeu com a mãe, é que caras ricos vão inevitavelmente partir o seu coração. Mason, o cantor de rock tatuado — e classe média —, tem muito mais a ver com ela, certo? Então por que ela não consegue tirar Xa…

A Grande Ilusão

Imagem
Faz tempo que queria ler algum livro do Harlan Coben. Houve uma época em que os romances policiais eram os meus preferidos. Dei uma pausa nesse tipo de leitura e agora, depois de alguns anos, esse gênero voltou a fazer parte da minha estante.
Apesar da personagem principal não ter me cativado nem no início, nem no decorrer da história, eu gostei do livro de um modo geral. O mistério em torno das mortes despertou curiosidade e a leitura é prazerosa. Recomendo.
Conheça a sinopse:
Maya Stern é uma ex-piloto de operações especiais que voltou recentemente da guerra. Um dia, ela vê uma imagem impensável capturada pela câmera escondida em sua casa: a filha de 2 anos brincando com Joe, seu falecido marido, brutalmente assassinado duas semanas antes.  Tentando manter a sanidade, Maya começa a investigar, mas todas as descobertas só levantam mais dúvidas.  Conforme os dias passam, ela percebe que não sabe mais em quem confiar, até que se vê diante da mais importante pergunta: é possível acredi…

Orgulho e Preconceito

Imagem
Conheci a história de Orgulho e Preconceito primeiramente através do filme. E desde esse contato com a história, desejei ler o livro. No entanto, apenas recentemente tive essa oportunidade.
Jane Austen é uma escritora renomada e eu tinha imensa curiosidade para conhecer sua escrita. Não me decepcionei. Com uma linguagem rica e bem-humorada, a escritora nos abrilhanta com uma excelente história. Conheça a sinopse:
Considerada a primeira romancista moderna da literatura inglesa, Jane Austen começou seu segundo romance, ORGULHO E PRECONCEITO, antes dos 21 anos de idade. 
Originalmente, a obra foi intitulada "Primeiras Impressões", devido às aparências dos personagens envolvidos na trama. Entretanto, por também se preocupar com os preconceitos causados pelo julgamento dos personagens, a autora decidiu que ORGULHO E PRECONCEITO seria um título mais apropriado. 
Assim como em outras obras de Austen, o livro é escrito de forma satírica. Casamentos não convencionais e infelizes são us…

As Crônicas de Artur

Imagem
As Crônicas de Artur foram meu primeiro contato com o escritor Bernard Cornwell. Eu não imaginava que fosse gostar tanto. Eu tinha apenas o primeiro livro quando fui convidada a fazer parte de um grupo de leitura através do WhatsApp que leria em conjunto as três obras. Foi uma experiência maravilhosa.
A história é narrada através do ponto de vista de Derfel, um monge que havia sido um valente guerreiro, ao lado de seu estimado líder, Artur. A história começa desde que Derfel era apenas um menino que sonhava em lutar a serviço do reino. Mas esse jovem cresce e se torna um exímio lorde. Sua história é cheia de surpresas e reviravoltas. Impossível querer parar de ler.
Conheça a sinopse dos três livros:


O Rei do Inverno conta a mais fiel história de Artur, sem os exageros míticos de outras publicações. A partir de fatos, este romance genial retrata o maior de todos os heróis como um poderoso guerreiro britânico, que luta contra os saxões para manter unida a Britânia, no século V, após a …