21 de agosto de 2012

Resenha de Legna


INTENSO. É como eu posso descrever o livro Legna, do escritor Alexandre Apolca. Uma história muito envolvente e cheia de surpresas, pois Legna foge dos paradigmas de romances perfeitos e nele nós vamos encontrar personagens com características reais, ou seja, eles sofrem, vão ao fundo do poço e depois se superam. 

Legna mora com os tios, nos Estados Unidos, desde criança. Pois o trabalho de seu pai exige que ele viaje muito, o que acabaria prejudicando a vida escolar de Legna. Ela tem uma vida normal, trabalha, tem amigos, um namorado por quem não está tão apaixonada, mas Legna sente que falta algo em sua vida. Algo que a faça sentir mais emoção por estar viva. 

A vida de Legna começa a mudar quando seu tio recebe uma proposta de trabalho no Brasil, então ela decide aceitar o convite dos pais de morar com eles em Paris. 

Apesar do relacionamento com os pais não ser tão afetivo como era com os tios, Legna começa a gostar da sua vida em Paris. Ela entra na faculdade, no curso de Tecnologias e Essências, sua paixão, e mesmo assim aquele “vazio” ainda insiste em lhe acompanhar. Até que um dia, pela internet, ela conhece Sayed, um egípcio muito interessante. Mas Legna não se rende aos encantos dele de imediato e resiste em marcar um encontro. Apesar de estar bastante interessada, seu medo de se encontrar com um desconhecido fala mais alto. 

O que tem que acontecer, de um jeito ou de outro, sempre acontece e Legna um dia encontra Sayed casualmente e não resiste mais, se entrega a uma intensa paixão. De fato a paixão é muito intensa, chega até a assustar, pois Sayed passa a ser o mundo de Legna. E quando eles se afastam é como se o mundo dela tivesse acabado e ela entra em profundo desespero. 

Legna vai sofrer momentos terríveis e descobrir muito sobre a vida. Descobre que Sayed é mais que um simples amor, pois a história dos dois é mais profunda do que ela imagina. Só depois de se descobrir é que ela passa a viver de forma mais livre com seus sentimentos. 

O livro é muito surpreendente. O autor descreve de forma minuciosa o dia a dia de Legna, o que faz com que você fique mais íntima da personagem. Não tenho outra palavra para descrever, é uma história intensa e forte. O livro é enorme mas vale a pena ler cada página. 

Para saber mais sobre Legna acesse: http://apolca.blogspot.com.br/

Resenha de Vida de Caminhoneiro




Vida de Caminhoneiro, do escritor Jean Carlos de Andrade, era um livro que eu estava a fim de ler há muito tempo e um certo dia o autor me deu essa oportunidade. 

Eu sempre amei ouvir as histórias de caminhoneiros, sempre imaginei que dá para viver experiências bem significativas e não me decepcionei, pois o autor compartilha algumas experiências, histórias tristes, engraçadas, você ri e se emociona com muita facilidade ao ler o livro. 

Aprendi muitas coisas, minha visão foi ampliada, pois não imaginava que os caminhoneiros eram vítimas de tanto preconceito, principalmente nos restaurantes. Algumas histórias causam revolta. Mas esses momentos são breves, o que predomina mesmo são momentos divertidos. O autor nos mostra os lados positivos e negativos da profissão, mas devido o seu amor ao trabalho, percebemos que o lado positivo prevalece. 

Jean Andrade compartilhou algumas experiências pessoais e fica difícil escolher a melhor história, mas um momento em que eu ri bastante foi quando li sobre a festa dos carreteiros, jamais poderia imaginar que eram tão divertidas. 

E como nem tudo é diversão também há no livro histórias de arrepiar, como alguns graves acidentes e a questão da violência nas estradas. 

Não posso deixar de citar uma breve participação que o escritor Jean Carlos de Andrade teve na série Carga Pesada, da rede Globo. Mas essa não foi a única história interessante que ele compartilhou no livro. 

Algo que gostei bastante foi o relacionamento familiar, principalmente o orgulho que o escritor tem de seu pai, que também é caminhoneiro. 

Foi muito agradável ler Vida de Caminhoneiro. As histórias são interessantes e prende nossa atenção a cada linha. De uma maneira divertida acabamos aprendendo grandes lições para nossas vidas. 


Para saber mais sobre o livro acesse: 

15 de agosto de 2012

A Escolha



Uma história linda e emocionante. Como sempre Nicholas Sparks nos envolve em um romance simples, mas cheio de surpresas. 

Gabby é uma assistente médica que trabalha em uma clínica pediátrica. Trabalho que às vezes a deixa fatigada devido ao ambiente muitas vezes estressante. Ela tem um namorado, Kevin, e apesar de amá-lo sente que o relacionamento não progride, pois Kevin muda imediatamente de assunto quando se fala em “casamento”. 

Em uma noite em que ela estava demasiadamente irritada, ela resolve ir conversar com seu vizinho, Travis, para despejar nele toda a sua irritação, pois Gabby acreditava que o cachorro de Travis era o responsável por mais um de seus problemas. 

Apesar do encontro deles não ter sido nada cordial, eles acabaram se aproximando mais e puderam perceber que havia um forte sentimento unindo os dois. Aos poucos Gabby foi percebendo o quanto admirava Travis e o quanto estava enganada em relação ao julgamento que fazia dele. 

O romance se desenvolve até o momento em que algo lamentável acontece e Travis se vê obrigado a fazer uma escolha. A escolha mais difícil de sua vida. Uma escolha que envolve riscos e consequências sérias. 

Nicholas Sparks é mestre em escrever romanes com finais surpreendentes. O autor sempre nos deixa um pouco aflitos na expectativa de finais felizes. Mas devemos considerar também a habilidade que ele tem em fazer uma situação simples se tornar algo tão extraordinário de se ler. Por isso sempre recomendo os livros dele.

6 de agosto de 2012

Resenha de Um Lugar Para Ficar



Fazia tempo que não ficava tão viciada assim em um livro. Que eu gosto bastante de ler não é novidade, mas não é todo livro que me faz ficar pensando nele o dia inteiro, me fazendo desejar parar tudo e ficar só meu cantinho lendo... Sim, Um Lugar Para Ficar é isso tudo, sim. Ainda bem que eu comecei a ler esse livro na sexta à noite, aí não comprometeu meu trabalho, pois no sábado eu já havia acabado. 

Deb Caletti, sem dúvida, soube como prender a atenção do leitor num romance cheio de mistérios e suspense. Tanto o seu modo de escrever quanto seus personagens foram dotados de muita personalidade. Eu amei cada um! É magnífico para o escritor fazer com que o leitor ame o vilão da história. E eu amei esse personagem, não por suas atitudes, mas eu amei o fato dele ser criado e descrito de tal maneira, que foi possível visualisá-lo e temê-lo junto com a Clara. 

Para que vocês possam entender melhor, deixa eu esclarecer a história, não é? 

Clara Oates é uma garota de 17 anos que mora na Califórnia com o seu pai, um escritor famoso. A vida de Clara começa a mudar quando ela vê Christian em um jogo de basquete de sua escola. Apesar dele estar acompanhado de uma garota, a atração foi imediata e Clara, a partir de então, não parava de pensar no próximo jogo de basquete onde acreditava ter a chance de reencontrá-lo. 

O que ela imaginava aconteceu, e no próximo jogo eles voltaram a se encontrar, sendo que desta vez ele estava sozinho, e Clara surpreende a si mesma deixando de lado sua timidez ao tomar a iniciativa de um beijo. 

A partir de então o casal começa a se ver frequentemente, e sempre envolvidos num jogo de sedução que aos poucos passa de paixão para uma grande obsessão. Christian agora é um namorado que ao invés de proporcionar a Clara momentos agradáveis e apaixonantes ele a sufoca. Seu ciúme passa a ser doentio e logo Clara passa a perceber que as coisas saíram do controle e que ela precisa tomar uma atitude quanto a isso. 

Fugir de Christian não é o único desafio de Clara. Ela se refugia com seu pai em uma outra cidade e lá acaba descobrindo e vivenciando tantas coisas que a permitem amadurecer e rever seus sentimentos. Além de tudo ela aprende a se perdoar, pois se considerava responsável pelo que aconteceu em seu relacionamento com Christian. Claro que para isso ela conta com a ajuda de algumas pessoas, personagens cativantes que em conjunto tornaram tudo uma maravilhosa história. 

O livro inteiro é encantador, envolvente, viciante! Recomendo muito! 

Para conhecer mais sobre o livro acesse este link

Leia também: Amor Amargo.