2 de dezembro de 2014

Resenha do livro Primeiro Amor


Lenços preparados? Se você for ler esse livro vai precisar. Eu já sabia que ia ser assim, pois já tinha lido alguns comentários nas redes e também o próprio autor, James Patterson, declarou que o livro foi escrito em homenagem a Jane Blanchard, uma namorada de sua juventude que morreu lutando contra o câncer.  Triste, não? Mas faz parte da vida. E dos livros também.

O primeiro livro de James Patterson que li foi Bruxos e Bruxas, mas não li o restante da série. Portanto, conheço pouco sobre o autor, apesar dele ser bem famoso. 

Alexandra Moore (Axi) é uma garota do tipo certinha, que sempre anda na linha apesar da sua vida não ser nada fácil. A garota tem um pai que é alcoólatra, uma mãe que abandonou a família e sua irmã mais nova morreu de câncer. 

Cansada dessa vida dura, Axi resolve fazer uma aventura: fugir de casa. Ela resolve fazer um tour por quase todo o país, mas claro que não dá para fazer isso sozinha, então ela convida seu melhor amigo, Robinson, para ir com ela. 

Robinson é um garoto de espírito aventureiro, então é óbvio que ele topa, e, claro, ele é o responsável para que a viagem se torne mais interessante. Embora Axi tivesse bons planos, Robinson deu sua pitada de emoção. 

Depois de passarem por várias cidades, viverem emoções como roubar carros e tomar banho de piscina na propriedade alheia (sem o consentimento dos donos) o inevitável acontece: eles assumem a paixão que sentem um pelo outro. É quando o romance passa de emocionante para um pouco sofrido, com os problemas que inevitavelmente surgem.

Robinson e Axi são dois jovens que encantam. James Patterson e Emily Raymond souberam fazer o leitor se envolver com a história e simpatizar com o casal. Apesar de você chorar um pouquinho e sentir muita peninha de Axi, é um livro que recomendo.

É interessante como cada pessoa reage de forma de forma diferente à dor. A mãe de Axi foge do problema, o pai, se afoga no álcool e Axi resolve deixar o sofrimento de lado e viver aventuras ao lado de um grande amor. Mas, por mais que a gente tente, há coisas que não podemos impedir que aconteçam em nossas vidas...
  

2

2 comentários:

  1. Menina que linda resenha, vou lê-lo, e você precisa ler o livro dele que eu li, que é...
    "O Diário de Suzana para Nicholas"
    Você não vai precisar de lenços, vai precisar de lençóis, pois é muito lindo e emocionante
    Beijusss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Zenilda. Eu aaaamo receber indicação de livros. Não li O Diário de Suzana para Nicholas, e com certeza vou acrescentar à minha lista. Bjão!

      Excluir