7 de junho de 2018

Resenha do livro É Assim que Acaba


Nem sei como falar sobre esse livro. Simplesmente mais uma vez Colleen Hoover conseguiu me surpreender com suas histórias. Em abril, escrevi as primeiras impressões sobre É Assim que Acaba e eu disse que voltaria aqui para contar para vocês quando tivesse lido. Então, eu li. 

No início do livro, quando a personagem principal, Lily, conhece Ryle, o médico pelo qual futuramente se apaixona, ela menciona que a sua "primeira vez" foi com um mendigo com quem teve uma espécie de namoro quando era adolescente. Atlas era o seu nome. Mas, na verdade, a história de Atlas é mais interessante do que se pensa. Ele não foi apenas um namorado do passado. Houve muito mais que isso na história dos dois. Por isso que quando ele aparece na história, a vida de Lily sofre um abalo.

Ryle era o cara bonito, atraente, um médico bem-sucedido e que não queria compromisso com nenhuma mulher. Mas, quando Lily mais uma vez cruzou em seu caminho, ele percebeu que se apaixonar poderia não ser tão ruim assim.

A partir de agora, eu vou dar um pouquinho de spoiler. Não vou revelar o final, mas vou abordar o tema principal da história de forma um pouco detalhada. Se você é o tipo de pessoa que não gosta desse tipo de informação, sugiro parar a leitura por aqui. 

O tema principal do livro é a violência doméstica. A mãe de Lily sofria com a violência doméstica. E Lily prometeu para si mesma que jamais permitiria que um homem a machucasse fisicamente.

No entanto, quando ela estava namorando Ryle, em um momento que houve um mal-entendido bobo, ele a empurrou e a machucou. A partir daí começa o dilema da personagem. Ryle se arrependeu profundamente e prometeu não mais perder o controle. Lily reconheceu que ele não era uma pessoa má e violenta, e o perdoou. E aí, nós já conhecemos essa história, não é? Ele voltou a cometer o mesmo erro. 

Como Colleen Hoover é uma autora que trata esses temas polêmicos de maneira ampla e profunda, ela fez com que a personagem nos desse muito o que refletir. Há um momento em que Lily diz que está magoada, triste, incapaz de perdoar, mas o erro que o agressor comete não faz com que o amor acabe de uma hora para outra. Ela enfatiza os momentos bons. Os muitos momentos bons que viveu. E, em um determinado momento, ela chega a se questionar se esses momentos bons não superariam os momentos "ruins"? É um conflito. 

O mais legal de tudo, após ler o livro, foi ler a nota que a autora escreveu no final. Se você é do tipo que não lê essas notas, sugiro que leia a desse livro. Vai lhe dar mais compreensão sobre a história.

É Assim que Acaba é um livro que vai lhe deixar de queixo caído em alguns momentos. Você vai sofrer junto com a personagem. Você vai compreendê-la. E você vai ampliar a sua visão a respeito do tema violência doméstica.

É um livro que recomendo e muito.

Leia também: Minta que me ama.

Conheça mais sobre os livros da Colleen Hoover aqui
0

0 comentários:

Postar um comentário