2 de março de 2019

A luz que me salva



Segundo especialistas, 71% das pessoas que sofrem com depressão tentam ocultá-la. Essas pessoas levam uma vida normal, sorriem e até mesmo podem ser brincalhonas. Mas, lentamente, a dor as consome sem que elas externalizem isso. É o que os psicólogos chamam de depressão sorridente. 
Não é fácil reconhecer quem sofre desse tipo de depressão. O mais comum é percebermos quando já é tarde demais, por exemplo, quando a pessoa comete suicídio. Isso é algo que, infelizmente, tem acontecido com frequência, e foi pensando nesse tema que escrevi A luz que me salva, um romance onde um dos personagens apresenta esse tipo de depressão.

Sinopse

Só quem vive na escuridão, reconhece a importância da luz. 
Quando Melanie aparece na vida de Rafael, é assim que ele se sente, como se toda a escuridão que vive em torno dele fosse, aos poucos, se dissipando. 
Melanie é cheia de luz, cheia de vida, cheia de planos... Quando ela conhece Rafael, sabe que sua vida não será mais a mesma. 
A luz que me salva é um romance que fala sobre superação. Sobre afastar momentos sombrios e permitir que o amor predomine nas decisões e afaste todos os temores causados pela nossa mente. 

O livro está à venda no site da Amazon.

Versão digital: amazon.com.br

Versão impressa: amazon.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário