Resenha sobre o livro Amante sombrio


Gosto de ler sobre vampiros e procuro conhecer tudo o que é publicado nesse universo. Irmandade da Adaga Negra é uma série que está circulando por aí já há bastante tempo, desde 2009. E até o momento os livros ainda estão sendo publicados. 17 até agora. 

Li o Amante Sombrio aos poucos. Não foi uma leitura que me cativou de imediato. A maneira como a história é narrada, a personagem... O enredo em si não me prendeu. No entanto, não vou desistir da série. Já li por aí que os outros livros são melhores. 

Beth Randall é uma mestiça, filha de pai vampiro e mãe humana. E ela não faz ideia disso. Quando o seu pai está prestes a morrer, pede que Wrath, líder da sociedade secreta de vampiros, cuide da garota. Wrath não tem a menor intenção de fazer isso, mas não pode negar o pedido de um guerreiro tão fiel quanto foi o pai de Beth. Assim, ele entra na vida dela. Tenta conter a atração que sente, mas isso é em vão. Wrath ainda tem que ajudar Beth em sua transformação, pois ela está prestes a se tornar vampira, graças aos genes herdados do pai.

Depois de muita resistência, eles iniciam um relacionamento. Mas, nada é tranquilo, pois suas vidas estão constantemente sendo ameaçadas. 

Os caçadores de vampiros também possuem uma sociedade forte, são os redutores. Eles realmente conseguem causar alguns estragos na vida desses vampiros. 

Os personagens secundários são interessantes, em breve vou verificar se as histórias deles também são. O próximo livro da série é Amante Eterno

Amante Sombrio pode ser encontrado na Amazon através deste link

Leia também: O poder do arcanjo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Menestrel - William Shakespeare

Resenha do livro O Conde de Monte Cristo

A arte de perder - Elizabeth Bishop