Resenha sobre o livro O beijo da meia-noite



Gabrielle é uma artista plástica que vive uma vida tranquila, é solteira, mora sozinha e passa seu tempo dividida entre o trabalho e a companhia dos amigos. Apesar de seu trabalho estar começando a ser reconhecido e viver cercada por amigos que a amam, Gabrielle sente um vazio, a famosa sensação de que falta algo em sua vida, de que alguma coisa não se encaixa... 

Certo dia, ao ir a uma boate com seus amigos, Gabrielle sente algo estranho nesse lugar, o que passa despercebido por seus amigos. Quando estava prestes a ir embora, vê um grupo de homens de preto atacando um rapaz. Gabrielle os persegue até um beco e vê algo estranho: os rapazes estão despedaçando o garoto com os dentes. Dentes bem afiados, por sinal. Trata-se de vampiros. 

Gabrielle fotografa o fato e em seguida foge. A partir de então, passa a ser o alvo desses Renegados, um grupo de vampiros viciados em sangue que causam destruição por onde passam. Mas, esse grupo de renegados não são os únicos vampiros. Há também os que são conhecidos como a Raça. Esses são um grupo de vampiros mais civilizados, digamos assim. Os guerreiros lutam contra esses renegados e mantêm a ordem nas cidades. 

Lucan Thorne é o líder da Raça. Ao perceber que Gabrielle descobriu sobre a existência dos vampiros e que um dos vampiros que ela viu no beco conseguiu fugir de seu ataque, ele passa a protegê-la. Lucan se sente atraído por Gabrielle. O sentimento é mútuo. Mas, quando Lucan descobre que Gabrielle possui "a marca", procura evitá-la. Essa marca significa que o vampiro que se alimentar de uma mulher que a possui está a reivindicado como companheira. Quem possui essa marca é capaz de reproduzir com um vampiro, dando continuidade à espécie. 

Entre brigas, lutas e disputas, o relacionamento entre Lucan e Gabrielle vai se aprofundando. Lucan sempre foi dedicado a proteger e lutar, mas nunca sentiu o desejo de reivindicar uma companheira para si, pois não queria laços. Mas, a paixão que sentiu por Gabrielle o estava fazendo questionar esses planos. 

O beijo da meia-noite foi um livro inspirado na série A Irmandade da Adaga Negra. Percebi semelhanças, embora tenha gostado muito mais desse livro da Lara Adrian. E trata-se de uma série também, Midnight Breed. Cada livro relatando a história de um dos guerreiros. O próximo livro é O beijo escarlate, que pretendo ler em breve.  

O beijo da meia-noite é um livro muito bem escrito. Devorei rapidamente cada página. O livro possui mais de uma edição e você pode encontrá-lo com uma nova capa. A versão que li está disponível no Kindle Unlimited, na Amazon. 

Leia também: Cidade dos Vampiros

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Menestrel - William Shakespeare

Resenha do livro O Conde de Monte Cristo

A arte de perder - Elizabeth Bishop