Resenha sobre o livro O beijo escarlate


O beijo escarlate é o segundo livro da série Midnight Breed. Nele, o personagem principal é Dante, um dos guerreiros da Raça. Dante é um solteiro convicto, mas pisa feio na bola quando, ferido e sedento, se alimenta de uma mulher para se recuperar mais rápido. O problema é que só depois que ele se alimenta, percebe que a mulher possui a marca de Companheira de Raça. Dante logo encontra uma solução: apaga a memória dela. No entanto, o laço já foi criado e o destino os une cada vez mais.

Tess Culver é uma veterinária apaixonada pelo que faz, embora isso não tenha lhe dado muito retorno financeiro. Ela é uma profissional dedicada e costuma trabalhar até tarde em sua clínica. E foi em uma dessas noites que Dante cruzou o seu caminho. 

Tess tem um ex-namorado que aparentemente é uma boa pessoa, mas é envolvido com o tráfico de drogas e produz uma substância em especial, o carmesim, que deixa os vampiros descontrolados, sedentos por sangue.

Dante fica responsável por investigar esse caso. Ele conta com a ajuda de um outro vampiro, Chase, que não pertence à Raça, mas que tem um interesse particular em resolver esse caso. Os personagens secundários são bem interessantes nessa história.

Dante e Tess vão se aproximando aos poucos. O objetivo principal de Dante é descobrir quem está por trás do fornecimento da droga. Tess demora muito tempo para descobrir que Dante é um vampiro, e quando descobre é até um pouco cômico.

O livro é fácil de ler, a história tem uns detalhes interessantes. Em breve darei continuidade à leitura da série.

O livro está à venda na Amazon através deste link.

Leia também: Cidade dos Vampiros - Academia dos Anjos - O poder do Arcanjo - A batalha final

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha do livro O Conde de Monte Cristo

A arte de perder - Elizabeth Bishop

Resenha sobre o livro After (com spoiler)