Resenha sobre o livro Paixão

 


Paixão, da autora Tracy Wolff, é a continuação do livro Desejo, romance sobrenatural para adolescentes apaixonados por vampiros! Mas, quem não é adolescente, que é o meu caso, pode ler também! Haha. 

Quando se trata de livros, eu não envelheço. 

No livro Paixão, Grace descobre que é uma gárgula. Só que ela não se lembra de nada do que aconteceu nesse período. Quando ela desperta e volta a ser humana, duas coisas estranhas acontecem: apesar de ainda amar Jaxon, beijá-lo parecia errado. E, meio sem querer, grace começa a evitar isso. Como é um fofo, Jaxon não reclama. Até entende que a garota passou po momentos difíceis e dá o espaço que ela precisa. A outra coisa estranha é que Grace começa a agir de modo estranho e não se lembra do que aconteceu. Fica tendo lapsos de memória. 

O livro tem 608 páginas e as coisas vão acontecendo muito lentamente... A leitura não é chata, é apenas lenta. Só no finalzinho que dá mais emoção.

O problema da falha de memória em Grace tem uma explicação: Hudson, o irmão vampiro malvado de Jaxon, está vivendo na mente dela. Depois que isso é descoberto, Grace passa a enxergar Hudson. Apenas ela pode vê-lo, e escutá-lo. para os outros é como se ela estivesse louca, conversando com um fantasma.

Grace vai se tornando cada vez mais íntima de Hudson. Não no sentido sexual, mas de amizade mesmo. Embora, fique bem claro para o leitor, que os dois tiveram um envolvimento enquanto Grace era uma gárgula. Hudson anseia a todo momento que ela se lembre. Como ela não se lembra, ele não força, e a deixa pensar que ainda ama Jaxon. Talvez ame mesmo... 

Grace aprende a criar uma muralha que impede que Hudson domine seu corpo. Junto com seus amigos, eles partem em uma aventura para conseguir os artefatos que farão parte de um feitiço para expulsar Hudson da mente de Grace e torná-lo humano, sem poderes. Hudson tenta convencer Grace que deixá-lo sm poderes é um erro. Ela começa a acreditar nele, mas não tem o apoio de mais ninguém. Afinal, a especialidade de Hudson é ser altamente persuasivo. 

Ao longo da história, o comportamento superprotetor de Jaxon começa a incomodar Grace e o romance deles é um pouco afetado. Na verdade, achei isso apenas uma desculpa que a autora usou para justificar o triângulo amoroso que irá se formar entre Grace e os irmãos. 

Eu gostei mais do primeiro livro. Esse segundo não é ruim, mas acredito que as fortes emoções ficarão para o terceiro livro. 

Você pode comprar paixão através deste link

Leia também: Cidade dos Vampiros - A Maldição de Társis

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Menestrel - William Shakespeare

Resenha do livro O Conde de Monte Cristo

Resenha de Apegados