18 de janeiro de 2019

Resenha sobre o livro No Escuro


No Escuro foi um livro lançado no início de 2013 pela editora Intrínseca, mas apenas recentemente que eu tomei conhecimento de sua história. Por conta das ótimas recomendações, não demorei muito a começar a ler o livro. E a leitura me prendeu de imediato.

O livro é narrado em dois tempos. O momento atual e quatro anos atrás, que foi quando Cathy conheceu Lee. 

No momento atual, Cathy se revela uma pessoa insegura, que vive apenas de casa para o trabalho e tem o hábito, ou melhor, a compulsão por verificar constantemente as portas, para ver se tudo está trancado; as janelas, etc. Ela é bem paranoica mesmo. Mas, isso não é à toa. Seu novo vizinho, Stuart, tenta ajudá-la com isso. Ele é psicólogo, mas não a ajuda como um profissional, pois logo ele deixa claro que o interesse por ela é outro. Mas a ajuda a perceber que precisa de ajuda profissional e recomenda os melhores profissionais para ela.

A parte empolgante da história está mesmo na parte em que Catherine convive com Lee. Ela era uma jovem que adorava sair para as baladas com as amigas e conheceu Lee quando ele trabalhava como segurança em uma boate. 

Lee era muito bonito com seu cabelo loiro, olhos azuis e corpo em forma. No entanto, logo no início dava para perceber que havia algo errado com ele. Catherine percebeu isso também, mas ela estava muito interessada nele e não deu importância a esses sinais. Então, quando Catherine percebeu que na verdade Lee era um psicopata controlador, já era muito tarde. Devido ao seu carisma e inteligência, as amigas de Catherine acharam que o problema estava com ela. E Catherine passou por situações bem difíceis para se livrar de Lee. 

Já comentei aqui que gosto muito de ler esse tipo de livro. Estou até com uma listinha de livros que abordam esse tema para ler em 2019. 

No Escuro foi um livro que gostei muito de ler e indico a sua leitura. Ele está à venda no site da Amazon.

Conheça também:


Nenhum comentário:

Postar um comentário