Resenha sobre o livro Simplesmente Blue


Eu escrevi as primeiras impressões de Simplesmente Blue em outubro do ano passado. Li o livro um pouco depois e só agora senti o desejo de escrever a resenha. Esse é o problema em escrever as primeiras impressões, depois me dá preguiça de escrever a resenha. 

Sinopse

Blue Echohawk não sabe quem ela é. A garota, que desconhece seu nome verdadeiro e sua data de nascimento, foi criada por um estranho e não frequentou a escola até os dez anos.

Aos dezenove, quando a maioria dos jovens vai à faculdade ou segue em frente com a vida, ela é apenas uma veterana no ensino médio.

Sem mãe, sem pai, sem fé e sem futuro, Blue é uma estudante difícil, para dizer o mínimo. Durona e sexy, ela é o oposto do jovem professor britânico que decide que está pronto para o desafio de levar a encrenqueira para debaixo de suas asas.

Simplesmente Blue narra a história de uma transformação e fala de uma amizade improvável em que a esperança promove a cura e a redenção se torna amor.

Resenha 

Bem, a história não desapontou, foi como eu imaginava mesmo. O romance entre Blue e o professor Wilson foi acontecendo aos poucos. Ele negou durante muito tempo o que sentia por ela. Parte disso por causa das circunstâncias mesmo, pois Blue não estava no momento mais favorável de sua vida. Teve uma gravidez indesejada, depois a busca por suas origens... E outras coisas mais. No entanto, a paixão estava ali pairando entre eles, esperando apenas pelo momento certo. 

Li por aí que no momento em que Blue mais precisou, Wilson não ficou ao lado dela. Acho que não foi bem assim, ambos estavam um pouco confusos. Wilson era do tipo que precisava de um empurrão, pois Blue o deixava intimidado. 

O romance não é daqueles turbulentos, cheio de aventuras, mas é legal de ler. Amy Harmon sabe trabalhar com o lado sensível dos personagens. Os livros dela sempre são bons. Conheça alguns deles:


Por enquanto, Beleza Perdida é o meu preferido dela. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha sobre o livro Vampiros em Dallas

Resenha sobre o livro Stars: as estrelas entre nós

Resenha sobre o livro De repente