Resenha sobre o livro O Príncipe Cruel

 


Estou chocada! 

Eu sempre vi esse livro por aí e não me interessei por ele de imediato porque achei que fosse uma história semelhante a do livro Princesa de Papel. Chega a ser engraçado, mas o que causou essa confusão em mim foram as capas semelhantes! Sei que isso não tem nada a ver, mas admito que me confundi. 

Você pode conferir a capa e a resenha do livro Princesa de Papel clicando neste link

Bom, vamos ao que interessa: o fato é que as histórias não têm nada a ver. Nada mesmo!

O Príncipe Cruel é um livro de fantasia que possui uma história impressionante do início ao fim. A história já começa com Jude, uma garota de sete anos, e suas irmãs Taryn (gêmea dela) e Vivi ( a irmã mais velha) sendo raptadas por um homem de aspecto estranho. Esse home é Madoc, um feérico que vive no Reino das Fadas.

Madoc é pai biológico de Vivi. A mãe das garotas fugiu com Vivi para o mundo humano porque não conseguia mais viver no Reino das Fadas e queria uma vida normal. Ela se casou com outra pessoa, o pai da Jude e da Taryn. Estava tendo uma vida normal até Madoc a encontrar. 

Depois de 10 anos, Jude e Taryn já estão bem adaptadas ao Reino das Fadas, apenas Vivi nunca perdoou Madoc e não consegue aceitar viver naquele lugar, o que é compreensível, pois o Reino das Fadas não é nada amigável. É um lugar cheio de perigos e de feéricos lutando por poder. 

Para compreender esse universo criado pela autora, só mesmo lendo o livro. É tudo bem diferente do que estamos acostumados. Achei simplesmente incrível. 

Jude é uma garota forte. Ela tinha que ser assim, pois, do contrário, não conseguiria viver no Reino das Fadas, que é um lugar perigoso e cruel para os humanos. No entanto, por ser "filha" de Madoc, que é um general respeitável, Jude e as irmãs possuem certos privilégios. 

O príncipe Cardan é o principal inimigo de Jude. Ela não consegue compreender porque ele a odeia tanto. Um dos motivos é o fato dela ser humana, mortal, fraca... Os outros motivos nós vamos descobrindo aos poucos.

Uma das coisas mais intrigantes na história, é que não dá para confiar em ninguém. Até mesmo Jude toma uma decisões surpreendentes. É uma personagem que consegue nos enganar. 

Jude sofreu nas mãos de Cardan e dos amigos dele, principalmente Valerian, que tentou por duas vezes matá-la. 

No decorrer da história vemos Jude se tornando forte e temível. Ela tem medo, mas está acostumada a conviver com ele desde que começou a viver naquele lugar. 

Não dá para relatar detalhes sem dar spoiler. Por isso apenas digo: leiam esse livro! Vocês não vão se arrepender! 

O Príncipe Cruel é o primeiro livro da trilogia O Povo do Ar. O Segundo livro se chama O Rei Perverso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Menestrel - William Shakespeare

Resenha do livro O Conde de Monte Cristo

A arte de perder - Elizabeth Bishop