Resenha sobre o livro Atrás do espelho

 


Ai, ai, esse Morfeu... A gente não sabe se ama ou se odeia, não é? Mas uma coisa é certa, nesse livro eu gostei mais dele que do Jeb.

Para você que não está entendendo nada, deixa eu esclarecer.

Atrás do espelho é o segundo livro da trilogia Splintered, da autora A. G. Howard. É uma releitura dark de Alice no País das Maravilhas.

No primeiro livro, O lado mais sombrio, Alyssa Gardner foi coroada Rainha no País das Maravilhas, mas ela preferiu deixar sua coroa aos cuidados de outra pessoas e foi viver feliz o seu lado humano em seu mundo normal, aproveitando a companhia de sua mãe, que finalmente saiu do sanatório e não precisa mais fingir que é louca, e de Jeb, seu namorado.

Tudo parecia ir bem na vida de Alyssa até ela perceber que a interferência do País das Maravilhas em sua vida está se tornando mais forte. Mesmo não pretendendo usar sua magia, ela se manifesta involuntariamente em algumas situações, tipo nas aulas de Artes. Os mosaicos que Alyssa cria ganham vida e transmitem mensagens, um fato que ela ignora, até Morfeu reaparecer.

Morfeu é um intraterreno que sempre participou da vida de Alyssa. Ele viveu com ela desde sua infância através de seus sonhos. Toda noite, quando Alyssa dormia, Morfeu a visitava e passeava com ela pelo País das Maravilhas. Era como se Alyssa tivesse suas vidas. Quando ela dormia, era levada para outro mundo. 

No primeiro livro ela teve a oportunidade de conhecer Morfeu pessoalmente e constatar que os sentimentos que têm por ele são mais fortes do que ela quer admitir. Só que Morfeu é uma incógnita. Aparentemente, ele ama Alyssa, mas ao mesmo tempo ele ama mais o País das Maravilhas, então, em primeiro lugar vem tudo o que for melhor para o seu reino. Ele não hesita em colocar Alyssa em risco, não se preocupa em mentir, camuflar, omitir... por isso Alyssa não confia nele. Mas, ao mesmo tempo, percebe que ele sempre a ajudou. Tipo isso: ele a joga do precipício, mas depois bate as asas e a salva. 

Ele provoca Alyssa de todas as maneiras, e isso dá um gás na história, sabe? Uma história que já é muito boa, por sinal.

Mas, vamos falar sobre o Jeb?

Nesse livro, Jeb não se lembra que conheceu o País das Maravilhas e que Morfeu existe (sorte a dele). Jeb está preocupado com a sua arte, em trabalhar com ela, conseguir dinheiro para viver com Alyssa em Londres. O foco no trabalho está tanto que ele deixa Alyssa de lado muitas vezes. Há uma razão para isso, no final do livro sabemos qual, no entanto, achei a relação entre ele e Alyssa tão fria. Só nas últimas páginas a autora fez Jeb recuperar sua posição e ele se tornou um concorrente à altura de Morfeu.

Se você não gosta de triângulo amoroso não vai gostar dessa parte da história. Porque os dois garotos são importantíssimos para Alyssa e s dois sempre fizeram parte da vida dela, um na realidade e outro através dos sonhos. E agora que ela pertence aos dois mundos, tem Jeb na vida real e Morfeu no País das Maravilhas. 

A autora dá uma ideia do que pode acontecer entre eles no terceiro livro, mas só lendo para conferir. 

A trilogia é:

1. O lado mais sombrio

2. Atrás do espelho

3. Qualquer Outro Lugar

Há também um livro com três contos que foi publicado posteriormente:

Sussurros do País das Maravilhas

Ainda vou ler o terceiro livro, mas já recomendo muito essa trilogia.

Atrás do espelho está à venda na Amazon através deste link

Leia também: O livro do amanhã - Destrua-me - Sombria e solitária maldição.

Hum, já ia me esquecendo. A citação a seguir contém spoiler. É algo que Morfeu disse e que demonstra muito de quem ele é. 

ALERTA DE SPOILER!

Em determinado momento, Alyssa pede um favor a Morfeu. Como tudo com ele tem um preço a pagar, ele pede que em troca desse favor ela passe um dia e uma noite com ele no País das Maravilhas. Entendeu, né? Ele diz:

"Devo avisar que farei bom uso desse tempo. Serei gentil, mas não serei um cavalheiro. Você será o centro do meu mundo. Eu lhe mostrarei os encantos do País das Maravilhas, e, quando estiver embriagada com a beleza e o caos pelos quais o seu coração tanto anseia, eu a acolherei sob as minhas asas e farei com que esqueça que o reino humano um dia existiu. Você nunca mais desejará deixar o País das Maravilhas, nem a mim." Pag. 263.

Confiante esse garoto, não? 

Leia! Você vai amar! 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Menestrel - William Shakespeare

Resenha do livro O Conde de Monte Cristo

Resenha de Apegados