Resenha sobre o livro Um reino de carne e fogo

 


Nem sei o que falar sobre essa série porque ela é simplesmente incrível. Eu não sou muito de reler livros, mas já fiz uma anotação mental de reler esses porque simplemente vale a pena. Que história! Que personagens incríveis! 

O final do primeiro livro não me agradou muito. Deixa eu explicar: não que o final tenha sido ruim. Não foi. Foi algo que o Casteel falou que achei tão sem noção. Não se faz uma declaração como a que ele fez sem consultar a garota antes, ok? Mas... estamos falando sobre a Poppy. Ela não é de deixar barato e logo coloca Casteel no lugar dele. Isso no início desse segundo livro. 

Se você estiver se sentindo perdido sem saber do que estou falando leia sobre o primeiro livro neste link: De sangue e cinzas

Voltando. 

Se você leu o primeiro livro já deve saber que Hawke é na verdade Casteel Da'Neer, o príncipe atlante. 

Casteel raptou Poppy para impedir que ela passasse pela Ascensão. E agora ele pretende levá-la para a Atlantia e fazer dela a sua esposa. Poppy é contra essa ideia, pois ela não sabe até onde pode confiar em Casteel, já que ele mentiu inúmeras vezes para ela. No entanto, não há como ela negar que ainda se sente atraída por ele. 

— Eu sou Hawke — disse ele depois de um momento. — E sou Casteel. Não sou duas pessoas diferentes, não importa o quanto você queira acreditar nisso. 

Poppy não resiste ao charme de Casteel e eles compartilham de momentos bastante íntimos, porém, sempre fica aquela dúvida pairando no ar, porque Casteel tem muitos mistérios, tem um antigo amor, tem a fidelidade ao irmão, tem o seu povo, os seus pais... tudo isso contra Poppy. E ainda tem Kieran, que por mais que tenha se revelado um amigo para Poppy, a fidelidade dele é a Casteel, e muitas vezes ele faz questão de deixar isso bem claro. 

Esse livro é tão bom quanto o primeiro. Poppy descobre muitas coisas, mas ainda há muito a descobrir. Chegando ao finalzinho do livro ela aprende a confiar mais em Casteel, o relacionamento deles evolui, mas ambos ainda têm muitos obstáculos pela frente. 

(...) Meu nome completo é Casteel Hawkethrone Da'Neer. Quando eu era criança, a minha mãe começou a me chamar de uma forma abreviada desse nome. E o meu irmão também. Só eles me conheciam como Hawke — disse ele. — Até você. 

É bobo, mas a gente se derrete com essas coisas, não é? 

O próximo livro, A coroa de ossos dourados, será lançado nos próximos dias. 

E Um reino de carne e fogo está disponível na Amazon através deste link

Leia também: A rainha do nada - Deuses americanos - Feita de fumaça e osso

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Menestrel - William Shakespeare

Resenha do livro O Conde de Monte Cristo

Resenha de Apegados